• Escola Montessoriana

O aprendizado Montessori e a lição de 3 tempos


Se alguma vez você já tentou ensinar palavras novas às crianças, deve ter reparado que ficar apenas repetindo a palavra pode não funcionar muito bem. Ao contrário do esperado, pode desgastar a criança.


No método Montessori, existe um processo para introduzir um novo conceito ao vocabulário das crianças. Trata-se de associar, reconhecer e lembrar. A técnica consta no livro de Maria Montessori, “O Método da Pedagogia Científica” e foi inicialmente desenvolvida por Eduard Séguin.

Como funciona:


Nesse processo, a criança caminha do conhecimento básico para o domínio daquela palavra que se quer assimilar. Assim, o adulto conduz a criança a partir de poucas palavras e é necessário isolar o conceito que se quer trabalhar. A técnica funciona em 3 tempos:

Primeiro tempo: é a apresentação da palavra. Assim, apresenta-se a criança dois conceitos, por exemplo, utilizando uma caneta e um lápis. É preciso dizer “isto é uma caneta”, ao mesmo tempo que mostra o objeto para a criança. Depois, faz o mesmo com o lápis: “Isto é um lápis”. Aqui, é importante que aconteça a observação e a identificação do objeto de estudo pela criança. Feita a apresentação, segue para o segundo tempo.

Segundo tempo: reconhecimento prático. Nesse momento, a criança precisa experienciar o objeto. Dizemos para ela: “Entregue-me a caneta”, e aguardamos que ela faça a exploração. Depois, “entregue-me o lápis”. Caso a criança cometa um erro nesse momento, é muito importante não acusar o erro ou envergonhá-la. Apenas pegue o objeto correspondente e repita o nome correto.


Esse processo deve ser repetido até que a criança maneje bem os objetos. Saiba respeitar o tempo da criança, esse processo pode levar dias e é importante não forçar.

Terceiro tempo: Não se trata de uma prova ou avaliação para ver se a criança aprendeu, mas sim, de treinar que ela lembre os nomes. Assim, perguntamos à criança “Qual é esse objeto?” e ela deve responder corretamente. Se ela disser o nome incorreto, voltamos ao segundo tempo.

Observações importantes:

  • Se a criança ficar muito interessada em tocar o material, entenda que talvez ela ainda não esteja pronta para dominá-lo. A criança pode ainda estar na fase em que as atividades manipulativas são mais adequadas. Volte para a atividade de linguagem depois de algumas semanas.

  • Só passe para o período seguinte, se a criança já tiver concluído o anterior.

  • Não tente ensinar mais de 2 ou 3 conceitos ao mesmo tempo. Isso atrapalha o processo de dominação do vocabulário.

  • O terceiro tempo pode ser realizado alguns dias depois, em vez de imediatamente depois para observar se a criança lembra do conceito.



O quarto tempo de Montessori


Maria Montessori achou importante inserir um tempo a mais no início do processo. Antes do primeiro tempo, apresentamos o material em silêncio apenas para que a criança tenha mais tempo de observar por ela mesma o objeto. Nessa fase que antecede a lição dos 3 tempos, a criança ainda não escuta o nome do objeto, apenas se mantem em observação inicial.

Como em toda atividade montessoriana, lembre-se sempre de respeitar o tempo e o ritmo de cada criança. A ideia é facilitar o aprendizado e torná-lo simples e evitar que a criança associe o aprender às tarefas maçantes. Permita o aprendizado natural.

14 visualizações
Nossa Localização:
Endereço:

SHC EQS 116/316 Bloco “C” 70.386-400 – Brasília – DF

Telefones:

(61) 3345-0445  / 3245-4443

Segunda à sexta - 8:00 - 18:00

© 2020 by Escola Montessoriana |  Terms of Use  |   Privacy Policy