• Escola Montessoriana

Como desviar o foco da criança da tecnologia?



Antes de travar uma batalha contra a tecnologia, os pais precisam entender que as crianças de hoje já nasceram em um mundo em que as telas fazem parte da realidade delas. Por conta disso, não dá pra rejeitar totalmente a existência delas. Mas, é possível aprender a conviver com elas e até usá-las a seu favor. Vem entender como!


Em vez de rejeitar a tela, mostre para a criança toda a vida que existe fora dela


Vejo muitos pais lutando contra a tecnologia e isso pode fazer a criança sentir ainda mais vontade de passar horas frente às telas. Por isso, o segredo é estimular o interesse pelo o que existe lá fora.


Lembre-se que a criança conhece o mundo que você apresenta a ela, então amplie essa apresentação.


Mas como fazer isso se a tecnologia é tão atrativa?


Descubra quais os maiores interesses da criança. Você pode fazer isso olhando justamente o que ela tanto interage pelas telas. Quais jogos ela gosta? O que ela assiste?


A partir desses temas, busque referências que possam ser vivenciadas no mundo real para envolvê-la.


Encante a criança com o mundo real.

Importante: Nós sabemos que durante o dia a dia, isso pode ser extremamente difícil. Mas é importante fazer isso agora, porque quanto mais o tempo demorar essa mudança, mais difícil será transformar os hábitos digitais do seu filho no futuro.


E como usar a tecnologia a seu favor?


Pense sempre no uso das telas para APROXIMAR e nunca para DISTANCIAR. Então, se você percebeu que o mundo virtual anda distanciando a criança, é porque é hora de mudar!


Dessa forma, utilizem as telas para vocês:

  • Jogarem juntos

  • Assistirem filmes e documentários

  • Fazer chamadas de vídeo com os avós e amigos

  • Utilizar aplicativos pedagógicos como o app Matific (para matemática) e o app Duolingo (inglês)

  • Fazer leituras digitais (app Árvore do livro)

  • Aprender geografia pelo Google Earth, etc.


E sempre limite o tempo de uso das telas...

Segundo a SBP - Sociedade Brasileira de Pediatria - SBP, o uso deve ser da seguinte forma, mas sempre observando o que a criança está assistindo e o contexto:


Crianças com menos de 2 anos - nenhum tempo de tela
2 a 5 anos - máximo 1h por dia
6 a 10 anos - 1h ou 2h por dia
11 a 18 anos - 2h a 3h por dia

Mas jamais permita que virem a noite jogando ou que usem as telas durante as refeições.

Se criamos hábitos pra tudo, então, por que não criar bons hábitos digitais? Não é fácil, mas devemos agir, agora, para encontrar o caminho do meio e usar a tecnologia de forma segura e responsável.


- Concorda? Deixei a sua opinião nos comentários.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo