• Escola Montessoriana

5 substituições na forma de falar com seu filho que podem fazer toda diferença.



Quando os pais entendem que a forma de falar com as crianças pode fazer toda a diferença no comportamento delas, eles desenvolvem uma melhor relação e perdem a sensação de nunca serem ouvidos ou respeitados.


Se a sua comunicação com seu filho tem muitas ordens e pouco diálogo, não desanime. É possível mudar, mas também é preciso paciência para encarar as mudanças. Os novos hábitos levam tempo para se consolidar na mente da criança. Mas saiba que valerá muito a pena para você e pra ela.


O cérebro da criança processa muito melhor a informação positiva, dessa forma, sempre que ela estiver fazendo algo que você precise que ela pare ou mude de atividade, diga o que ela deve fazer, em vez de dizer para ela parar ou não fazer mais. Quanta mais clara a comunicação melhor.


Diga para a criança qual ação você espera dela.

O "não" pressupõe uma correção constante e imagine você viver assim, sempre sendo restringido e corrigido. Sem dúvida, uma hora você iria sentir a necessidade de se rebelar.


Ensine a forma correta de agir, em vez de apenas corrigir e dar ordens que a criança não absorve como você espera.


Por isso, aqui vão 5 dicas para começar a melhorar a comunicação em casa:


1. Ao contrário de dizer: Pare de chorar!

Diga: Me conte com palavras o que você está sentindo.


2. Ao contrário de dizer: Não pule no sofá!

Diga: O sofá é para sentar.


3. Ao contrário de dizer: Não grite!

Diga: Fale mais baixo.


4. Ao contrário de dizer: Não corra!

Diga: Ande mais devagar.


5. Ao contrário de dizer: Não faça bagunça!

Diga: Organize os seus brinquedos, por favor.


(crianças aprendem muito mais quando entendem que atividade fazer do que a que "não" fazer.)


Isso significa que eu devo eliminar totalmente o "NÃO" da nossa vida?


Claro que... não! haha O que acontece é que, ao usar o "não" quando realmente tiver a necessidade, você evita de banalizar a palavra e a criança irá realmente entender o peso dessa palavra e da atitude dela.


Comunicação é muito mais do que dar ordens. É falar, mas é também escutar, observar, repetir e, principalmente, permitir que haja uma troca.

.

.

.

.

Gostou dessas dicas? Deixe sua opinião nos comentários.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo